quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Papos de homem – Solteiro vs compromissado

Postagem original é do blog Manual do Cafajeste.


Como o post anterior foi um sucesso, tornarei a coluna Papos de Homem “fixa” no blog. Se você não está preparada para ouvir algumas verdades sobre o mundo masculino e prefere acreditar que só existe fofinhos e inocentes no mundo, sugiro que saia do blog e vá assistir novela.

O papo a seguir revela uma conversa entre um homem solteiro e outro compromissado:


Genaro – To me sentindo uma biscate

Raimundo – Ihh, lá vem. Que rolou?

Genaro – Conheci uma vagabunda ontem na balada, levei pra casa, sentei a vara e ela dormiu aqui. Só que esqueci que tinha combinado com a Pamela (aquela mina do curso) de correr com ela no parque e adivinha?

Raimundo – Putz, pegou a vagaba na sua cama?

Genaro – Não, pelo menos. Tive que fazer mó esquema com o porteiro para que uma saísse pela porta de serviço, enquanto a outra entrava pela social. Só que a Pamela estava cheia de fogo e veio querendo dar uma antes de ir correr. Meu pau ainda tava meio melado dá foda matinal com a vagaba, tive que fazer uma lavada express na pia e mandei brasa na Pã. Depois fomos correr e quem me mandou sms no meio da corrida? A Paulinha corrimão.

Raimundo – Aquela que um tira e o outro põe a mão?

Genaro – Ela mesma. Assim que a Pamela foi embora já entrei em contato com a corrimão. Disse que tinha uma surpresa pra ela, um presentinho. Você sabe como mulher é curiosa e adora ganhar um presente, né? Pois bem, topou na hora. A surpresa foi um vinho sul africano (que paguei 30 reais e que ela deve ter pensado que vale 100) e em troca ela me deu você sabe bem o que.

Raimundo – É, realmente você está uma putinha.

Genaro – Quero ser usado.

Raimundo – Tá sendo e não apenas usado, mas um vetor de HPV para todas essas 3 santas

Genaro – Pega nada, uso camisinha.

Raimundo – Camisinha não evita HPV, se ela tá com verruga lá embaixo, vai pra tua bola e depois para a periquita da corrimão.

Genaro – Ah, azar o dela. E outra, por que agora você está com esses moralismos? Só porque está namorandinho? Mulher não é confiável. Aliás, fiquei sabendo que a sua foi viajar. E se ela aprontar? Vai entrar como sócio no clube do HPV.

Raimundo – Por isso você nunca namorou. Só conhece mulheres depositário de esperma e quando conhece uma que presta já acha que é tudo igual. Eu confio na minha, o dia que passar a duvidar, termino.

Genaro – Ai que tá, quem disse que eu quero namorar? A vida de solteiro é muito boa. Cada dia eu tenho uma buceta diferente pra comer, não devo satisfação de onde eu fui, pra onde eu vou e posso curtir 4 dias de carnaval, enquanto você curte 1 dia dos namorados.

Raimundo – Mas você não se cansa de não ter ninguém com quem possa conversar sobre seus problemas, ambições, vontades, tristezas, etc? De poder viajar junto, sair de casal e conversar sobre a vida? De olhar na pessoa e imaginar como seria o filho com ela?

Genaro – Bleh, que coisa de filme romântico, mas vamos lá. Para conversar sobre meus problemas, tenho meu psicólogo. Para falar sobre minhas ambições e vontades, tenho minha família e amigos. Em relação a viajar, tenho o Pedrão, Vlad e Nelson que são os melhores companheiros de viagem, engraçados e não fazem cobranças. Sobre filho, tenho vontade de ter um, mas não preciso namorar pra isso. Basta engravidar uma garota bacana e decente.

Raimundo – Por que não namorá-la?

Genaro – Por que nunca conheci uma que preencha esses requisitos. hehe

Raimundo – Tá procurando em lugar errado.

Genaro – E onde eu devo procurá-la? Na biblioteca? No Par Perfeito?

Raimundo – Pode ser por indicação. Porém, as amigas da Ju (minha namorada) que são bem bacanas não iam te levar a sério.

Genaro – Tenho cara de palhaço?

Raimundo – Não, mas quem vê o seu Facebook e a quantidade de biscate que fica interagindo contigo, curtindo os seus updates mais idiotas e buscando uma forma desesperada de puxar conversa e você dando trela, logo percebe a cilada que você é.

Genaro – Sou tão queimado assim?

Raimundo – Depende. Para aquela meia dúzia de piriguete que fica babando o teu ovo, não. Porém, para uma garota mais bacana, não tenha dúvida.

Genaro – Hum, foda-se. Não quero ter filho agora, não quero namorar. Me deixe com as minhas biscates e pare de bancar o moralista. Chato pra cacete.

Raimundo – Calma, só gostaria que você entrasse para o meu time.

Genaro – Vocês compromissados e essa mania de achar que a vida só tem sentido para quem namora. Tu nasceu sozinho e vai morrer sozinho, e ai?

Raimundo – O dia que você namorar e gostar da pessoa vai poder entender. Ok, nasci sozinho (na verdade com a ajuda da minha mãe e do médico) e vou morrer sozinho (se não morrer em um acidente coletivo), porém ninguém VIVE sozinho, você sempre dependerá dos outros. Enfim, é difícil falar para um pessoa que sagu é bom se ela nunca provou.

Genaro – Ok, ok. Entendi seu ponto, porém no momento vou continuar sem querer provar o sagu. Mas me conte, tem alguma amiga da Ju de bunda grande que fica cutucando homens no Facebook? =))

Moral da história.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por que? por que?????

Por que? por que?????
500 leitores/dia vs 10 coments/dia. Vençam a preguiça e se expressem.

Postagens mais vistas no UrubuRJ